Transtorno bipolar do humor?O que eu tenho? | Medicos Online

Transtorno bipolar do humor?O que eu tenho?

abr

16

2013

Olá!Eu sou a Kim,tenho 17 anos (Sou nova,eu sei!),eu realmente preciso de respostas para minhas perguntas,estou perturbada,sem rumo.Sou uma garota “estranha” (É assim que minha irmã diz que sou.Chego até concordar com ela),eu acho incrível a minha mudança de humor,é rápida e acontece diariamente,normalmente eu acordo de mal humorada,não gosto de falar com ninguém,até mesmo pra não ser grossa,depois eu já estou calma,depois sorridente,triste,chorona…E assim vai o dia todo com minha mudança de humor(E choro muito,mas faço isso no quarto pra ninguém me ver,e ninguém percebe mesmo.Eu sou uma pessoa calma(Às vezes),sou quieta,na minha(Costumo dizer que sou mais misteriosa do que quieta),eu prefiro apenas observar as coisas.Eu não gosto de me “juntar” às pessoas,gosto de ficar no meu canto,não gosto de sair,não confio nas pessoas,em niguém mesmo,por isso me afasto delas e prefiro ficar sozinha.Eu gosto de ficar isolada,no quarto trancada o dia todo,e nem levanto pra comer.É de casa pra escola e da escola pra casa.Me chamam pra sair mas eu dispenso.Ficar sozinha no quarto é o que eu realmente adoro,é como se fosse o meu mundo,só meu.Minha irmã até brinca dizendo que o quarto é minha toca.Eu sou assim por causa deles,sei que é,minha família.Eu passo muitas coisas por causa deles,da forma como agem comigo,como me tratam,da nossas brigas,desentendimentos,etc.Eu não tenho uma boa relação com eles,falo mais por minhas irmães que eu realmente as vezes gostaria de não ter nenhuma,nem pai,nem mãe(Só as vezes).Já pensei em coisas horríveis que poderiam aconteer com eles sem nem sentir remorço,e as vezes eu imagino eu mesma fazendo essas “coisas”,mas logo esqueco,porque sei que acima de qualquer coisa eu amo eles.Eu me sinto uma fracassada,um monstro.Já pensei várias vezes em suícidio,porém não tive coragem suficiente para cometê-lo.Acho que em um momento de ódio e raiva eu conseguiria,e é o que espero.Eu me tornei uma jovem rebelde,respondo mal para meu pai e para minha mãe(se bem que as vezes eles merecem por me tratar como se eu fosse um lixo),um pai jamais deveria dizer a uma filha que pode corta-la em pedacinhos para todo mundo ver,etc.Isso não é pai!A minha irmã me acusa de lésbica (A única certeza que eu tenho na vida é que eu não sou lébica),a outra diz que sou filha do demo,e ainda me provoca o tempo todo,e olha que sou a caçila,mas tenho mais respeito que ela.Só porque eu tenho um estilo diferente do delas,não significa que eu seja lésbica.(Eu não sou vaidosa,não ligo para meus cabelos,corto eu mesma,pinto e já raspei a metade,não gosto de maquiagem…Mas não sou lésbica,só gosto de ser diferente).Eu sou uma boa pessoa,não mecho com ninguém,mas as vezes me sinto uma pessoa má.Tomei a decisão de fazer essa consulta porque minutos atrás eu estava procurando metódos para meu suícidio.Pra mim minha vida é um lixo.No mês do meu aniversário perdi a pessoa que mais amava nesse mundo (minha avó), a única que eu venerei,amei de verdade,e que pra mim era a perfeição em pessoa.Meu pai já foi meio que meu ídolo,mas na medida em que fui crecendo eu fui percebendo suas atitudes e percebi que ele ão merecia tanto amor que eu lhe dava.Eu parecia um menino querendo fazer tudo que ele fazia,ia pescar com ele,fazia tudo com ele.Todo aquele amor foi se apagando.Eu o amo sim!Não quero mal pra nenhum deles,mas tenho uma grande vontade de ir embora e não vê-los diariamente,mais preferivel anualmente e pouco.Eu quero morar sozinha imediatamente,quero distância,tanto que quero morar em outro país.Quero me formar e ter meu emprego e pagar por tudo que eles me deram até hoje.Quero lhes dar uma vida boa,e ao contrário do meu pai,não iria jogar na cara deles tudo que eles me deram.Meu pai é a pessoa da família mais dificil de se lidar,mas acho que o compreendo,ele passou por muita coisa na vida,a mãe dele é uma cobra!(Que Deus me perdoe por essas palavras.Eu não gosto dela,ela tratou meu pai como um qualquer durante sua infância,como ele dizia,ele era a ovelha negra da família(é como eu me sinto),só porque ele foi um bebum(talvez alcoólatra),e não era rico como os outros.Acho que ele se sentia um inutil(como eu me sinto),minha grosseria deve ter vindo da parte da família dele,eles são rudes,grossos.Ai de mim se falar mal da mãezinha dele.Aff!Já me torturei com arranhões,cortes com giletes,me sinto um zero a esquerda!Quando estou na rua,eu até me sinto um pouquinho aliviada,mais animada,mas é só entrar em casa e minha cara de desprezo,desalmada,aparece de novo.Meu pai melhorou um pouquinho por causa da chegada do meu sobrinho que eu rejeitei no começo,mas que agora o amo.Meu pai quase tentou matar meu cunhado e minha irmã quando eles fugiram(eles fugiram quando ela ficou grávida,porque meu pai mete medo nas pessoas e já foi intimado duas vezes por ameaças aos namoradinhos da minha irmã com facão).Agente nunca pôde ter um amigo homem,ele sempre quer os matar,como se fosssemos propriedade dele,homem é proibido em nossa vida.Eu até me sinto traumatizada com relação a homens,acho que porque ele ameaçavam nos triturar se chegassemos perto de um.Quando meu sobrinho nasceu,todos foram ao hospital vê-lo,menos eu,quando eles vinheram pra casa,eu me recusei a olhá-lo.Só o vi quando ninguém estava por perto,econdida.Eu meio que desprezava um ser que não tinha culpa de nada.Meu cunhado é uma pessoa boa,mas eu não consigo gostar verdadeiramente dele.Eu me sinto mal,cruel,infeliz,desprezada,e até me sinto bem quando estou sozinha,longe de toda a falsidade que me rodeia.Estou confusa,muito confusa,preciso de ajuda!

em: Psiquiatra Perguntado por: [3 Grey Star Level]
Resposta #1

Nossa que história… olha, a minha( história) é muito parecida com a sua. Antes de eu casar, morávamos em casa, meu pai , minha mãe, minha irmã e eu. Tirando o meu pai, que é um super pai , mas o temperamento dele sempre foi muito dificil e quando éramos adolescente, eu e minha irmã, ele também não gostava de nenhum amigo nosso e muito menos nossos namoradinhos, ele também tinha um facão que os ameaçavam , era constrangedor para nós quando ele fazia isso. Minha mãe coitada sempre ficava quando ia nos defender sobrava pra ela , pois ele descontava a raiva em cima da minha mãe. éramos muito presas , ele não deixava quase a gente sair , tanto é que quando tinha uma festa, a gente fugia de casa para poder ir. rsrsrsr até que ele descobriu e bateu muito na gente. Engravidei com 19 anos , sem nenhuma maturidade, pensei em me matar quando descobri a gravidez só de pensar na reação do meu pai, graças a Deus quando a minha filha nasceu a reação foi contrária , ele ficou super feliz. A minha irmã era igual vc , não tinha tanta vaidade, se achava estranha , pensavam que ela era lésbica e se cortava tbm, mas os tempos foram passando e ela mudou … eu acho que era coisa da idade..Percebi que o meu pai era assim pq na nossa casa ele era o unico homem , então ele se achava o rei do pedaço e morria de ciúmes quando outro homem entrava em casa. Não tinhamos quase diálogo com ele , mas com a minhã mãe sempre tivemos. Eu acho que o que falta para vcs é diálogo, junte sua familia para conversarem , diga o que vc sente, pode ser que eles não saibam o que se passa com vc…bom hoje já tenho 31 anos, meu pai continua turrão, mas não moro mais com eles, nem a minha irmã, hoje em dia conversamos mais em casa , ele se arrepende bastante daquela época.. muitas cicatrizes ficaram na nossa familia , minha mãe foi a que mais sofreu.. mas graças a deus estamos todos bem. Bjusss

Answers Respondido por: Paula Franca [4 Grey Star Level]
Resposta #2

Kim, a situação q vc esta é bem complicada, mas nada q vc naum possa resolver, realmente as pessoas te achão estranha pelo fato de vc gostar de ficar sozinha, so no quarto se cortando, ou ate tentando se suicidar, é dificil levar uma vida assim, com o penssamento negativo pra tudo, naum entendi mt bem o poq que vc no inicio regeitou o seu sobrinho, mas ainda beem que se apegou a ele, isso é um boom sinal’no caso da sua bipolaridade, naum é uma doença, é so um sindrome, e tem tratamento, seria mt boom se vc conssuta-se com um Psiquiatra frente a frente, assim seria bem melhor pra vc entender o que está acontecendo e a forma do tratamento… eu sinceramente naum seii como é esse tratamento.
Naum se sinta fracassada ou culpada pelas coisas q acontessem, simplismente erga a cabeça e diga pra vc msm, “eu sou forte e naum vou deixar que qualquer pessoa venha me colocar pra baixo”.
Uma das coisas que pode ajudar mt vc é um ursinho de pelucia, é eu sei que vc ja tem 17 ans e naum é mais criança, mas é com esse ursinho q vc vai poder converssar, contar seus segredos mais intimos, desabafar, nós sabemos que ele é um objeto inanimado, que é impossivel ele contar pra alguem o que vc disser a ele,se for possivel até dê um nome carinhoso a ele, quem sabe assim vc melhora bastante…
🙂
Meu Facebook Caso Queira Converssar – facebook com/neel.schmitz

Answers Respondido por: Nettynho [3 Grey Star Level]
Resposta #
Se mesmo com os esclarecimentos acima sobre Transtorno bipolar do humor?O que eu tenho?, ainda possuir dúvidas, saiba como ter atendimento especializado para respostas mais aprofundadas, por médicos credenciados no site. Acesse Consulta Médica Online.

Responda essa Pergunta

Você deve estar Logged In para postar respostas.

Ainda não é um membro? Registre-se »

Pontuação

Ganhe pontos ao fazer e responder perguntas!

Grey Sta Levelr [1 - 25 Grey Star Level]
Green Star Level [26 - 50 Green Star Level]
Blue Star Level [51 - 500 Blue Star Level]
Orange Star Level [501 - 5000 Orange Star Level]
[Premium]
Red Star Level [Médico Red Star Level]
Black Star Level [Especialista Black Star Level]
Você quer falar com
Médico Online?
Preencha abaixo para falar com médico online
Enviamos um email pra você.
Favor acessar seu email para prosseguir.
Ok!